EGO ECOLÓGICO

Atualizado: 24 de Set de 2019

Quando observamos o mundo atual, vemos de cara que ele precisa de cuidados em todos os aspectos: todos os seus filhos, animais, humanos, plantas, mares... Ao observamos mais profundamente, reparamos que os cuidados que ele precisa descendem dos maus tratos que apenas um dos seus filhos o dão. Humanos.

Há quem passe a odiá-los depois desta observação. Muitos são os defensores da natureza que menosprezam a raça humana. Provavelmente essa pessoa não avaliou o ser humano em toda a sua glória, não prestou atenção aos lindos ensinamentos e exemplos de grandes mestres, conhecidos ou não. Mensagens de amor, justiça e igualdade. Mas como isso? Como um ser humano pode dar tanta luz e outros tanta sombra?

A Teoria Ego-ecológica entende a identidade como um modo de construção da realidade a partir do qual o mundo exterior funde-se ao mundo interior a partir da história de vida do indivíduo. A análise Ego-Ecológica permite compreender o indivíduo e suas complexidades, as relações que estabelece no contexto da família, do trabalho, do lazer e nas situações sociais no espaço micro ou macrossocial.Então podemos entender que o meio e a forma que uma pessoa é tratada, desde a sua infância, vai influenciar em como ela vai tratar o mundo.

Antes de julgarmos e exigirmos de alguém que trate melhor o mundo, essa pessoa precisa tratar de si. Olhar para dentro, mergulhar nessas profundezas de águas cristalinas e escuras e curar tudo que foi maltratado ali. E toda vez que formos tratar alguém, seja ela quem for, precisamos nos lembrar disso. Que a semente que vamos plantar, vai se multiplicar nas próximas atitudes dessa criatura. O meio em que vivemos, o tratamento que recebemos, entra, fica e cresce em cada ser humano. Portanto plantem amor, seja exemplo e acolha. Agora se você se sente incapaz disso, não se martirize nem fuja dos seus pesares. Enfrente. Mergulhe em si mesmo, para compreender tudo que está aí dentro, quem é você, pondo em conta toda a sua vida, como foi tratado, aonde e entendendo quais sentimentos despertou em você. Quanto antes enfrentarmos essa viagem de autoconhecimento, antes nos libertamos.

Para curarmos o mundo, precisamos curar a nós mesmos. Para criarmos um mundo melhor, precisamos criar nossas crianças na base do respeito, amor, acolhimento, consciência e carinho.

8 visualizações